segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Gratinado Misto de Tortelloni com Frango e Legumes Primavera


Não gosto muito de cozinhar para mim, mas adoro de inventar e dar a provar aos outros. Outra coisa que também gosto de fazer é arriscar nas misturas e nos sabores. Tínhamos uns amigos por cá a passar uma noite e a jantar connosco, por isso achei que seria uma boa ocasião para uma das minhas invenções.

Uma das substituições que uso há mais tempo é a de uma mistura de iogurte e ovo que substitui o molho bechamel, constituindo assim uma alternativa bem mais saudável e menos calórica.

Para o frango, baseei-me nesta receita e foi um autêntico sucesso! Segue então todo o processo.

Ingredientes (para 4/5 pessoas):
- Tortelloni de massa fresca (dois tipos diferentes, uns com ricotta e espinafres e outros com tomate e mozzarela)
- Pequenos medalhões de frango (3 por pessoa, prever 4 para mais comilões)
- 1 laranja
- 1 limão
- Sal, pimenta, alho em pó, noz moscada
- Meia couve roxa média 
- Duas cenouras médias
- 400gr de iogurte (usei magro, 0.1% de gordura)
- 1 ovo

Começa-se por preparar o frango temperando-o com sal, pimenta, a raspa e o sumo da laranja e do limão, e reserva-se. Tritura-se a cenoura e reserva-se. Tritura-se a couve roxa, tempera-se com um pouco de sal e vinagre e reserva-se. Leva-se os tortelloni a cozer segundo as indicações da embalagem. Grelha-se o frango num grelhador no fogão ou num grelhador elétrico, sem gordura, tendo o cuidado de ir reservando os vários medalhões em cerâmica enquanto se vão grelhando os outros, para que não sequem (dois pratos de sopa virados um para o outro servem perfeitamente).


Numa assadeira dispõem-se os medalhões de frango, a cenoura e a couve-roxa. Numa outra dispõem-se os tortelloni e prepara-se o substituto do bechamel. Para tal bate-se um ovo com o iogurte e tempera-se com sal, pimenta, alho em pó e noz moscada.


Rega-se ambas as assadeiras com o molho preparado e leva-se a gratinar ao forno durante 15 minutos, a 180ºC vigiando para não deixar tostar demasiado os tortelloni.




Bom apetite!

domingo, 13 de janeiro de 2013

Torcidos de Pesto

Pois ontem foi dia de festa rija, cá em casa! E se há coisa que me dá gozo é a preparação dos aperitivos para uma festinha, um jantar especial, seja o que for! Por uma questão de organização, vou apresentar as receitas uma a uma.

Esta foi retirada de um blog que muito me agrada, escrito por uma Polaca que Portugal quis importar: My Sweet and Sour. Como tinha algumas dúvidas em relação ao procedimento acabei por me basear na ideia mas alterando-a "a sentimento". 

Ingredientes:
- 1 pacote de Massa Folhada (rectangular)
- Molho Pesto (usei do verde)
- Queijo Emmental ou Mozzarela em tirinhas

Desenrola-se a massa e estende-se. Com uma faca faz-se um corte a meio, e ponta a ponta, paralelo ao lado mais comprido. Perpendiculares a este corte, fazem-se tiras com cerca de 2cm de largura. Barra-se toda a composição com molho pesto.

Uma a uma, separa-se as tiras de massa folhada onde se dispõe queijo a gosto. segurando as pontas, enrola-se a massa, formando o torcido. A receita original recomenda que sejam polvilhados com sementes de sésamo, o que me parece uma excelente ideia - com pena minha, não as consegui encontrar. Coloca-se os torcidos sobre uma folha de papel vegetal, num tabuleiro de forno e vai a cozer a 200º até adquirirem um tom moreno. 

Resulta em cerca de 16 torcidos e forma uma entrada fácil, prática e volante! Bom apetite!

Sopa Exótica

Com o flatmate a padecer de efeitos secundários de celebrações de aniversário, e com a temperatura a descer, lá fora, resolvi arriscar-me a fazer uma sopa com um toque diferente.

Aproveito para dizer que por questões calóricas faço sempre a sopa sem batata nem abóbora, e evito a cenoura. No entanto, o facto desta figurar nesta receita, não lhe retira o seu cunho leve e baixo em calorias. Aquando da substituição da batata em sopas, muitos são os legumes que podem vir em nosso auxílio: courgette (com casca para quem gostar da sopa esverdeada), beringela, nabo, chuchu (deixa a sopa muito muito macia) e, algo que só recentemente descobri, couve-flor.

Ora vamos lá ao processo.

Ingredientes (para duas a três pessoas):
- Meia couve-flor grande (cerca de 400g) 
- Uma cenoura grande
- Meia cebola (para prevenir os estômagos mais frágeis)
- Dois dentes de alho (ou a parte branca de um alho francês, ou um nabo pequeno)
- Caril picante
- Uma chávena almoçadeira de feijão verde cortado
- Coentros frescos picados

Coze-se a couve-flor e a cenoura numa panela com até 80% da altura dos legumes. (Água a menos é sempre resolúvel, água a mais é bem mais complicado de resolver e resulta muitas vezes no desperdício de vitaminas). Quando está a cozedura quase concluída acrescenta-se o sal. 

Cozidos os legumes (devem estar tenros ao serem perfurados por um garfo), rala-se a sopa e acrescenta-se uma colher de sopa de caril picante. (Poderá precisar de mais água consoante a consistência preferida). Mexe-se bem e mantém-se ao lume em fogo médio. Deixa-se levantar fervura, prova-se, acerta-se os temperos e acrescenta-se o feijão verde lavado e escorrido). 

Serve-se 10 minutos depois em pratos ou taças que se polvilha com coentros frescos picados.

Bom apetite!

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Sopa tailandesa

E como andamos numa onda de arranjar tempo em casa para experimentar coisas novas, eu própria vou-me desafiar a arranjar umas receitinhas que não sejam só bolos e sobremesas muito menos chocolate. 

Vai de ai que encontrei esta receita e parece muito boa para quando me aventurar a jantar SÓ sopa


Ingredientes:
1 pedaço de gengibre de 4 cm, aproximadamente, descascado e picado de forma grosseira
1 malagueta vermelha, sem sementes e cortada grosseiramente
1 talo de erva-limão, sem as camadas exteriores, picado
2-3 dentes de alho, descascados
1 raminho de coentros frescos (reservar algumas folhas para decorar)
óleo vegetal q.b.
1 colher de sopa de sementes de coentros
1 colher de chá de açaflor (ou açafrão das índias)
1/2 litro de caldo de legumes
2 mãos cheias de noodles
400 ml de leite de coco
1 mão cheia de camarão 
molho de peixe tailandês 

Num robot de cozinha, faça uma pasta como gengibre, a malagueta, a erva-limão e os coentros (se estiver muito seca, junte-lhe um fio de óleo vegetal).
Num tacho largo, coloque a pasta e deixe cozinhar alguns minutos, para libertar os aromas, mexendo com frequência.
Num almofariz, esmague as sementes de coentros e junte-as à pasta, assim como o açaflor e o caldo. Deixe fervilhar durante alguns minutos.
Entretanto, coza os noodles, segundo as instruções do pacote (4 a 5 minutos) e reserve-os.
Acrescente à sopa o leite de coco e deixe ferver. Reduza o calor e deixe fervilhar mais alguns minutos, enquanto retira o "fio" preto ao camarão, com a ponta de uma faca (como usei miolo de camarão, não tive de o fazer). Acrescente os camarões à sopa e cozinhe-os durante 2 a 3 minutos, ou até terem um tom rosado. Acrescente umas folhinhas de coentros e umas gotas de molho de peixe tailandês, se tiver.
Divida os noodles pelas tigelas de sopa e sirva imediatamente.
Em vez de camarões, pode usar frango, vieiras, cogumelos, etc...


Cheesecake de Manteiga de Amendoim da Nigella


Para os amantes do cheesecake e da famosa manteiga de amendoim, foi descoberta uma maneira em que os dois juntos da nisto... e é muito bom, pena que existam pessoas que se recusam a comer queijo... Olha mais sobra =) 






Base:
200g de bolachas [tipo Maria ou torrada];
50g de amendoim salgado;
100g de pepitas de chocolate amargo;
50g de manteiga derretida.

Creme:
500g de queijo creme;
3 ovos;
3 gemas;
180g de açúcar;
125ml de creme azedo*;
250g de manteiga de amendoim do tipo cremosa.

Cobertura:
250 ml de creme azedo*;
100g de chocolate de leite picado;
30g de açúcar mascavado claro.

Prepare a base:
No liquidificador ou processador, pique os biscoitos, os pedaços e chocolate e os amendoins até formar uma farinha uniforme. Passe essa farinha para uma tigela, adicione a manteiga derretida e misture bem, até a farinha ficar toda húmida. Com o auxílio das costas de uma colher, espalhe essa mistura no fundo e em 2/3 da altura da lateral de uma forma rendonda, de 23cm de diâmetro e fundo removível, pressionando com cuidado. Reserve na geladeira.

Prepare o creme:
Pre aqueça o forno a 180 graus.
Na batedeira com o garfo tipo raquete, ou no processador, bata o queijo creme, os ovos, as gemas, o açúcar, o creme azedo e a manteiga de amendoim, até ficar bem cremoso e uniforme.
Recheie a base preparada com esse creme e leve ao forno por 1 hora, verificando após 50 minutos. O topo deve parecer seco ao toque, mas movimentando a forma o meio deve balançar levemente. Retire o cheesecake do forno, sem apagar o fogo, enquanto prepara a cobertura.

Para a cobertura:
Em fogo baixo, aqueça o creme azedo, o chocolate picado e o açúcar mascavado, misturando para homogeneizar enquanto derrete. Assim que tudo estiver derretido e uniforme, apague o fogo.
Espalhe essa cobertura cuidadosamente, sobre a superfície do cheesecake [com calma para ele não rachar].
Volte ao forno por mais 10 minutos.
Apague o fogo, retire o cheesecake e deixe esfriar completamente. Cubra com filme plástico e deixe na geladeira, por uma noite.
Retire meia hora antes de servir, e desenforme com cuidado.

* Para preparar o creme azedo [sour cream] em casa, misture suco de limão com creme de leite fresco na proporção 1 colher de sopa de suco para cada xícara de creme. Deixe descansar por 30 minutos em temperatura ambiente e conserve na geladeira.

Fonte: BBC - Food

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Bruschetta Lusitana


E pronto, cá estou eu para dar "aquele" toque nos salgados. Para começar, achei que seria interessante mostrar esta entradita que fiz cá em casa (Alemanha diga-se), para dar a conhecer o nosso Portugal à estrangeirada. Como me tinham trazido linguiça picante, resolvi usa-la para aproveitar a broa cujo miolo usei num bacalhauzinho de se lhe tirar o chapéu.

Fica aqui a sugestão destas tostinhas de broa e linguiça ou, para quem preferir, "Bruschetta Lusitana".


Ingredientes:
- 1 Broa média, sem miolo, cortada em quadrados
- 3 linguiças picantes
- 1 molho de coentros frescos
- Azeite
- 2 dentes de alho

Começa-se por levar os quadrados de broa ao forno, a tostar ao de leve, com a côdea virada para baixo. Retira-se do forno e esfrega-se com um dente de alho (é mais eficaz de se usar a superfície de corte). Rega-se com um fio de azeite (com cuidado para não exagerar, senão empapa).

No entretanto, retira-se a pele às linguiças, corta-se em rodelas e leva-se a uma sertã a saltear. Quando estiverem coradas retira-se do lume e espalha-se sobre as várias tostas. Polvilha-se com coentros frescos picados e serve-se de imediato!

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Bolo Recheado com Morango, Limão e Chocolate Branco

Acabei de ver esta receita e vou ter tanto que fazer este bolo, o aspecto é qualquer coisa do outro mundo, neste momento só consigo imaginar o sabor





Ingredientes:

6 ovos grandes
1/2 colher (chá) de cremor tártaro (opcional, serve para dar estabilidade aos ovos batidos)
3/4 de xícara de açúcar
1 e 1/4 de xícara de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
50ml de manteiga derretida

Brigadeiro de Morango
1 lata de leite condensado
1 caixinha de creme de leite
1 colher rasa (sopa) de farinha de trigo
400g de morango fresco

Brigadeiro de Limão
1 lata de leite condensado
300ml de creme de leite 
Raspa da casca de 2 limões
50ml de suco de limão

Cobertura de Chocolate Branco
160g de chocolate branco
1/2 xícara de creme de leite

Para regar
1 xícara de água
1 colher rasa (sopa) de açúcar
1/2 colher (chá) de essência de baunilha

Preparo
1. Pré-aqueça o forno a 180ºC. Separe uma forma redonda de 22cm de diâmetro. Se ela tiver o fundo removível, não é necessário untar.

2. Na batedeira, bata os ovos com o cremor tártaro em velocidade máxima por cerca de 8 minutos até triplicar de volume. Junte o açúcar pouco a pouco, sempre batendo. À parte, peneire a farinha com o fermento e misture bem. ATENÇÃO! Este é o momento mais importante do preparo do bolo, esta etapa vai definir se seu bolo ficará levinho e macio, ou pesado e embatumado! Alternadamente, em velocidade mínima, acrescente pouco a pouco a farinha com o fermento e a manteiga derretida. Seja ágil, acrescente os ingredientes sem demora, mas não em quantidade suficiente para pesar na mistura e fazer baixar o volume dos ovos. Assim que terminar de adicionar, desligue imediatamente a batedeira e misture delicadamente com uma espátula de silicone, com movimentos de baixo para cima, só para certificar que não há farinha/manteiga sem estar incorporada à massa. Coloque a massa na forma separada e asse por 20-25 minutos, ou até que inserindo um palito no centro, este saia limpo. Não deixe a massa dourar completamente ou o bolo ficará seco. Deixe esfriar sobre uma grade.

3. Repita a operação, fazendo mais um bolo.

Brigadeiro de Morango
4. Leve em fogo baixo o leite condensado, apenas 200ml de creme de leite e a farinha. Sempre misturando com uma espátula de silicone, cozinhe até que consiga ver o fundo da panela, o brigadeiro deve estar bem cremoso. Deixe esfriar por 10 minutos.

5. Esmague cerca de 1/2 xícara do morango e misture ao brigadeiro, inclusive seu suco. Junte os 100ml de creme de leite restante e misture bem. Separe alguns morangos para decorar o bolo e o restante pique miúdo e junte ao brigadeiro.

Brigadeiro de Limão
6. Leve em fogo baixo o leite condensado, creme de leite e as raspas de limão. Sempre misturando com uma espátula de silicone, cozinhe até que consiga ver o fundo da panela, o brigadeiro deve estar bem cremoso. Deixe esfriar, e só então junte o suco de limão.

Cobertura de Chocolate Branco
7. Derreta o chocolate branco e misture com o creme de leite, que deve estar em temperatura ambiente para não empelotar o chocolate.

Montagem 
8. Corte os dois bolos ao meio e regue cada parte com os ingredientes acima citados (água, açúcar e baunilha), previamente misturados. Espalhe o recheio de morango na primeira camada, cubra com uma metade de bolo, espalhe o brigadeiro de limão na segunda camada e cubra com uma outra camada de bolo. Por cima espalhe a cobertura de chocolate branco, decore com os morangos e leve para gelar.




Rende: 16 porções pequenas.

Retirado de: Chocorango

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Panna Cotta de baunilha e limão com coulis de morango


A Panna Cotta é a referência italiana para “natas cozidas”, uma sobremesa fácil eficaz junto da maioria das papilas gustativas, que em Portugal abunda por restaurantes, italianos ou não. A sua textura deve ser firme sim, mas cremosa e não tensa.


Para 9 formas

Panna Cotta
500 ml de natas
200 ml de leite
160 gr de açúcar
1 vagem de Baunilha
3,5 Folhas de Gelatina
1 limão

Juntar as natas, o leite e o açúcar.
Retirar as sementes de baunilha e juntar as sementes e a vagem à mistura de natas.
Retirar as zestes finas de um limão e espremer o sumo. Adicionar à mistura.
Ferver a mistura em lume brando. Retirar.
Mexer bem e deixar em infusão durante 30min.
Hidratar a gelatina em água fria e escorrer bem.
Retirar a vagem e Reaquecer a mistura (se necessário).
Adicionar as folhas de gelatina misturando até esta se dissolver.
Colocar em formas e levar ao frio durante 4 horas ou durante a noite.

Coulis
300 gr morangos sem pé
3 c.sopa açúcar em pó

Colocar os morangos e o açúcar no liquidificador e triturar bem.
Passar num chinês fino e reservar.

Sirva acompanhado de  fruta fresca.

Nota
Para obter uma Panna Cotta com mais aroma, deixar a infusão durante mais tempo (preferencialmente de um dia para o outro).
Para colocar em pequenas formas, estas devem ser previamente untadas com umas gotas de óleo vegetal para desenformar facilmente.
Pode ser usada essência de baunilha ou açúcar baunilhado para tornar a receita mais acessível, mas o resultado não será o mesmo.

Tarte de chocolate e limão

Este também já é um clássico, e é muito bom





Ingredientes:
Base
200 g de biscoito maisena (ou bolacha torrada)
4 colheres de sopa de manteiga sem sal 

Recheio de chocolate
300 g chocolate meio amargo
1 lata de creme de leite (300 g)
1 colher de sobremesa de manteiga sem sal
3 colheres de Nutella 
1/2 pacote de gelatina em pó sem sabor (usei 6 g)

Recheio de limão
1 lata de leite condensado (397 g)
1 lata de creme de leite (300 g)
1/2 lata (do leite condensado) de sumo de limão (se quiser menos azeda, pode usar menos sumo de limão - usei 2 limões amarelos que deu 1/3 da lata)
1/2 pacote de gelatina em pó sem sabor (usei 6 g)


Preparação:
Base
Triturei no liquidificador o pacote de biscoito maisena até obter uma farinha fina.
Coloque numa travessa e acrescente a manteiga derretida.
Misture bem.
Forre o fundo e as laterais de uma forma de fundo amovível de 24 cm (coloquei papel vegetal no fundo para ajudar a desenformar).
Leve ao forno pré aquecido (180ºC) cerca de 10 minutos (distraí-me e a minha ficou 15 e ficou tempo demais).
Reserve.

Recheio de chocolate
Derreta o chocolate em banho-maria.
Junte o creme de leite, a manteiga, a Nutella e a gelatina em pó hidratada na água (hidratei num pouco de creme de leite).Coloque este recheio na massa reservada.
Leve ao frigorífico e faça o recheio de limão.

Recheio de limão
Bata no liquidificador o leite condensado, o creme de leite, o sumo de limão e a gelatina em pó sem sabor hidratada (hidratei no sumo de limão).


Coloque sobre o recheio de chocolate que já estava na massa.
Decore com raspas de chocolate e deixe no frigorífico umas 4 horas.
Depois, é só desenformar e servir.

Um pedazinho deste pecado fica assim (o aspecto não é o melhor mas compensa tudo no sabor nham nham!)



Bolo espuma de cacau com compota de morango

Ora bem, este bolo tira-me do serio e é que fica com um aspecto que meu deus...


Bolo - Ingredientes

2   chávenas de chá de farinha(360 gr)
1.5 chávena de açúcar (450 gr)
1   chávena de água (300 gr) com 3 colheres de sopa de cacau em pó ( tudo misturado)
1/2 chávena de óleo(140 gr)
6   ovos
2   colheres de fermento


Bolo - Preparação

Separe as claras e as gemas. Junte as gemas ao açúcar e bata até que fiquem claras e espumosas. Junte o óleo com a água e o cacau e envolva no creme de ovos. Acrescente a farinha e envolva cuidadosamente as claras em castelo. Leve ao forno.

Ganache - Ingredientes


200 g de chocolate negro
1 pacote de natas
1 colher de sopa de compota de morango
2 colheres de sopa de Moscatel

Derreter o chocolate com as natas em banho maria e adicionar o Moscatel e a compota de morango

Recheio/Cobertura/Montagem do bolo

1 chávena de leite
  Ganache
4 colheres de sopa bem cheias de compota de morango
1 chávena de morangos ou cerejas descaroçadas
1 pacote de natas batidas

Faça um molho frio para humedecer o bolo, juntando 1 chávena de leite com 2 colheres de sopa bem cheias de ganache. Salpique o bolo e corte-o (dependendo do tamanho da forma pode fazer 2 ou 3 andares).

Recheie cada camada com um pouco de ganache, uma camada de compota de morango, uma camada de morangos e outra de natas. Depois de montar o bolo cubra com ganache.




sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Tarte Hungara

Ora bem, já fiz esta receita mais do que uma vez e houve quem gostasse muito =)

A fotografia não é de nenhum dos bolos que eu tenha feito, mas daqui a nada faço novamente e coloca a foto a condizer 



Ingredientes

Chocolate: 300 gr
Margarina: 300 gr
Açúcar:    300 gr
Ovos:      8
Fermento:  2 colheres de chá
Farinha:   2 Colheres 

Preparação

Derrete-se a margarina com o chocolate, junta-se às gemas que foram batidas com o açúcar, e por fim as claras batidas em castelo. Divide-se o preparado ao meio, põe-se uma das metades no frigorífico, e à outra junta-se uma colher de farinha e as duas colheres de fermento. Vai ao lume em forma sem buraco, previamente untada. O bolo depois de frio é coberto com a parte que está no frigorífico.

Bom apetite